A paz, se possível, mas a verdade, a qualquer preço!

Martinho Lutero

30/10/2012

ANIVERSÁRIO DA REFORMA PROTESTANTE!

 

 

Um Breve e Resumido Relato -

Hoje comemoramos 493 de Reforma Protestante! Esta  é uma data muito especial para nós, pois através da coragem, intrepidez, piedade, fidelidade a Deus e à Bíblia, os reformadores levantaram a bandeira da Fé Cristã Bíblica num contexto de profundas e dramáticas distorções e enganos religiosos, pondo em risco suas próprias vidas e famílias, para que a igreja fosse Reformada e se levantasse de onde caíu. Glória seja dada a Deus por estes homens! Para aqueles que pouco sabem sobre esta data, quero deixar um breve resumo.

Martim Lutero foi o principal precursor da Reforma Protestante na Europa, ele nasceu na Alemanha no ano de 1483 e fez parte da ordem agostiniana. Em 1507, ele foi ordenado padre, mas devido as suas idéias que eram contrárias as pregadas pela igreja católica, ele foi excomungado.

Idéias e doutrinas:

Sua doutrina, salvação pela fé, foi considerada desafiadora pelo clero católico, pois abordava assuntos considerados até então pertencentes somente ao papado. Contudo, esta foi plenamente espalhada, e suas inúmeras formas de divulgação não caíram no esquecimento, ao contrário, suas idéias foram levadas adiante e a partir do século XVI.

Para que todos tivessem acesso às escrituras que, até então, encontravam-se somente em latim, ele traduziu a Bíblia para o idioma alemão, permitindo a todos um conhecimento que durante muito tempo foi guardado somente pela igreja.

Com um número maior de leitores do livro sagrado, a quantidade de protestantes aumentou consideravelmente e entre eles, encontravam-se muitos radicais. Precisou ser protegido durante 25 anos. Para sua proteção, ele contava com o apoio do Sábio Frederico, da Saxônia.
Casou-se com a monja Katharina Von Bora, no ano de 1525, e teve seis filhos. Martinho Lutero, monge agostiniano, quando esteve em Roma, em 1510, ficou chocado com o mundanismo dos clérigos e desiludido com a indiferença religiosa deles.

A falta de compromisso com a verdade, ou distanciamento da Palavra de Deus, levou a igreja longe demais, no caminho da indecência moral e espiritual. Uma igreja sem a verdade não é uma igreja verdadeira, e uma igreja sem o Espírito não é uma verdadeira igreja.

Foi neste contexto lamentável que, no dia 31 de outubro de 1517, ao som de um martelo, Martinho Lutero fixou 95 teses na porta da Catedral em Wittenberg, na Alemanha propondo a reforma da Igreja. Foi o sinal para o começo de uma reforma que muitos já estavam esperando. A Reforma não se voltava contra a autoridade, mas contra a usurpação do poder. Lutero não investiu contra a igreja, mas contra a anarquia do seu conceito. O sistema religioso era político demais para ser santo e seus interesses egoístas demais para serem justos.

A Reforma foi um brado da graça na edificação da igreja de Cristo. Se Cristo é o construtor da igreja, nunca os homens, por mais astutos que sejam, conseguirão pervertê-la totalmente. Os dedos sujos dos religiosos não poderão toldar a santidade da igreja. Jesus sempre realizará alguma reforma na sua igreja, ao ponto de mantê-la o mais possível fiel aos seus princípios. A igreja é dele, e só Ele é competente para torná-la íntegra sempre
Resto do Post

Um comentário:

  1. Parabens pela estrutura e conteudo de seu blog, Forte abraço Renato Artesanato em MDF

    ResponderExcluir